quarta-feira, setembro 01, 2010

INTEGRALISMO*

Murilo Cesar**

Murilo Cesar fazendo uma Palestra no NIERJ
O Integralismo é o Nacionalismo-Espiritualista, e de Princípios Cristãos. Para o Integralismo a primeira revolução deve começar nas pessoas, é a nossa chamada: Revolução Interior.

Não acreditamos em soluções de problemas que tenham a resposta apenas nas fórmulas econômicas e materialistas, pois o homem é formado de carne e alma. Nenhuma solução que prime apenas por um dos lados será satisfatória. As próprias soluções de governo deveriam ir nesse sentido. Os governos que pensam que seu povo é gado sem alma, ou são capitalistas, comunistas ou fascistas.

O Integralismo é Espiritualista, portanto, o Integralista nunca morre, e dentro de nossa doutrina, o Integralista ao abandonar seu corpo terreno vai para um encontro com seus Companheiros de Ideal.

Poderíamos escrever muito, falando das diferenças entre comunismo e Integralismo, mas, rapidamente, posso adiantar que há dois bons motivos para não podermos trabalhar juntos. O primeiro é que o Integralismo é o Nacionalismo-Espiritualista. Acreditamos na existência da alma e de Deus, Entidade Suprema, que dirige os destinos dos povos. E acreditamos na propriedade particular como direito do homem, pois lhe dá a base física para segurança da família, e a devida retribuição ao longo do tempo, pela atividade laborativa. Não podemos aceitar o materialismo comunista e seu capitalismo de Estado.

Você, jovem, que acredita que tudo que é bom leva a imagem de ser moderno: A globalização e o estado moderno estão na moda. Você, nos últimos dez anos notou as conseqüentes “melhoras” dessa modernidade? Procure acreditar em algum Ideal, não deixando de acreditar apenas porque a televisão ou os jornais dizem que é antiquado. Você estará fazendo o que eles querem.

* Publicado originalmente em Janeiro de 2005.

** Σ – Rio de Janeiro – RJ. Presidente do Grupo Integralista do Rio de Janeiro – G.I.R.

Um comentário:

Carlos Vieira disse...

Boa noite, acompanho os sites integralistas nas últimas semanas e confesso não ter conseguido entender a ordem exata do pensamento integral, imagino haver falta de membros dedicados à causa, porém a literatura existente é vasta, mas acho que nos deveria ser oferecido um caminho mais ordenado e facil de entender a teoria integralista e posteriomente ser imtroduzido a literatura de Plinio Salgado, Gustavo Barroso e Reale entre outros.